A higiene de seus hóspedes caninos em virtude do Covid19

ejemplo limpieza

Até o momento, não há evidências sérias de que os cães possam desenvolver o Covid19 nem transmitir o vírus SARS-Cov2 aos humanos. No entanto, existe a possibilidade de que possam ser "veículos de transmissão passiva" ou "fómite" caso sua pele ou manta entre em contacto com o vírus. Pode ser comparado com o que acontece com as roupa, malas, bolsas de tecido...

Contudo, os especialistas apontam que a possibilidade de contágio por essa via é baixa, uma vez que a carga viral tem que ser alta e o contacto muito próximo. Também ajuda o fato de que a capacidade de sobrevivência do vírus em superfícies porosas (tecidos, pêlos de cães) é muito menor do que em superfícies lisas (metal, plástico, etc.).

O fato de ser baixa não significa que não exista. Por esse motivo, visando a tranquilidade e com perspectiva, recomendamos o reforço dos protocolos de higiene elaborados para reduzir a contaminação pelo coronavírus SARS-CoV-2 no caso de hóspedes com cão.

Além de reduzir o risco ao mínimo possível, é interessante proporcionar uma SENSAÇÃO EXTRA de higiene e controle em suas instalações, para melhorar a experiência do cliente e atender às suas expectativas durante a estadia.

  • Os hóspedes com cão apreciarão o cuidado em ajudá-los nos protocolos de higiene com um serviço elaborado especificamente para eles. 
  • Os hóspedes sem cão e que estejam receosos com presença de cães nessa situação, verão que medidas específicas também foram tomadas para esses casos, mantendo a situação "sob controle".

Uma vez tomada a decisão que isso pode ser interessante, é momento de investigar quais produtos podemos usar que proporcionem um equilíbrio entre a minimização do risco de contágio, com a implementação das normas que respeitem e garantam o bem-estar dos cães.

Em casa, recomenda-se usar água e sabão ou shampoo que os cães já estão acostumados para lavar as patinhas, o focinho e a cauda e depois secá-los com uma toalha. Contudo, esse processo é impossível de realizado em espaços públicos ou na recepção de um hotel, por exemplo.

Atualmente os virucidas "oficiais", à base de alvejante, álcool ou outros virucidas aprovados para uso ambiental, são fortemente desaconselhado pelos veterinários para aplicação direta na pele e pelagem dos cães. Pode causar queimaduras, ferimentos e irritações graves. Infelizmente, dezenas de casos foram vistos em consultas veterinárias recentemente.

O que fazer então? Dada a impossibilidade de usar virucidas diretamente na pele ou no pêlo dos cães, recomendamos o uso de produtos anti-sépticos que funcionem "arrastando", e não tanto "anulando o vírus".

Uma boa idéia é disponibilizar aos seus clientes com cão toalhetes úmidos de clorexidina, especialmente formulados para cães e gatos (inclusive cachorros). A clorexidina é uma substância anti-séptica, bactericida e fungicida comumente usada por humanos e animais para a desinfecção de feridas, queimaduras e assepsia em procedimentos cirúrgicos. Esta substância está na lista de Medicamentos essenciais da Organização Mundial de Saúde, que contém os medicamentos mais importantes necessários em um sistema de saúde.

Seu poder anti-séptico permite "arrastar" possíveis vírus e a sujeira das áreas com maior contato com o solo após os passeios. Como não elimina o vírus, é muito importante descartar adequadamente os toalhetes na lixeira mais próxima e lavar as mãos corretamente com sabão e água ou com uma solução hidroalcoólica.

Como usá-las?

O ideal é que os hóspedes os utilizem ao entrar no estabelecimento. Também existe a possibilidade de deixar um pacote no quarto ou até mesmo colocá-los à venda. O objetivo é que estejam sempre disponíveis e que sejam utilizados para transitar dentro do estabelecimento. Recomendamos usá-los para limpar o focinho, as patas (preste atenção especial às almofadas) e à cauda, ​​que são os principais pontos de contacto com o solo e outras superfícies durante a caminhada.

Em Dog Vivant, preparamos um produto específico, pensado para alojamentos turística, que consiste em pacotes de toalhetes de clorexidina + Cartaz informativo em português e inglês, explicando seus componentes e forma de utilização. Estão disponíveis vários tamanhos para escolha, que se ajustam ao tamanho de seu estabelecimento e o volume esperado de visitas com cão.

PACKS HIGIENEPERRO1 copia

Ver packs "Patitas Limpias"

Posso fazer mais alguma coisa?

Como um detalhe extra, pode deixar uma pequena toalha na habitação para ser usada especificamente para lavar suas patinhas com sabão e água na banheira ou na ducha. Como nos seres humanos, a água com sabão desativa completamente o vírus. Os hóspedes podem trazer o sabonete ou shampoo específico de seus cães para que sejam o menos agressivo possível.

Esperamos ter te ajudado na reativação do seu negócio dog-friendly.


Conselhos supervisionados por Egoitz Bikandi, veterinário colegiado BI779, pertencente ao Colégio de Veterinários de Bizkaia. 

Ver entrevista de "Egoitz" sobre como se aplicar as medidas de higiene com nossos animais de estimação em momentos de COVID-19

Informe "Hábitos de Turismo con Perro"

turismo_perro_dogvivant-50%

Prepárate para conseguir más y mejores clientes en tu negocio dog-friendly cuando reabras tus puertas, tras el Estado de Alarma. Consíguelo por sólo 45€+IVA hasta el 15 de junio. 

Comprar informe

¿Conoces los servicios de la certificación Dog Vivant?

Trabaja más y mejor con el segmento dog-friendly. >> Ver más

fases-serv-ESIVO

Iniciativa Solidaria “Euskadi Turismo”

Si eres una asociación protectora de Euskadi, consigue tu kit de Merchandising Solidario Doggy Etorri! Bienvenidogs! Euskadi Solidario